PubVet

Voltar

Pubvet, V. 5, N. 8, Ed. 155, Art. 958, ISSN 1982-1263, 2011

Valor nutritivo do resíduo de panificação na alimentação de ovinos


Alexsandro Holanda de Oliveira2, Maria Socorro de Souza Carneiro3, Ronaldo de Oliveira Sales4, Elzânia Sales Pereira3, Jaime Miguel de Araújo Filho5, Maria Socorro de Caldas Pinto6, João Avelar Magalhães7, Newton de Lucena Costa8


 

1Parte da dissertação apresentada pelo primeiro autor ao curso de Mestrado em Zootecnia da UFC. Fortaleza, Ceará

2Eng. Agrônomo, M.Sc. Fortaleza, Ceará.

3Professora do Programa de Pós-Graduação em Zootecnia da UFC.

4Professor Curso de Zootecnia da UFC.

5 Zootecnista, Doutorando em Zootecnia, UFC.

6 Zootecnista, Pós-Doutoranda, UFRPE. Recife, Pernambuco.

7Med. Veterinário, D.Sc., Embrapa Meio Norte, Parnaíba, Piauí.

8Eng. Agrônomo, M.Sc., Embrapa Roraima. Doutorando em Agronomia/Produção Vegetal, UFPR, Curitiba, Paraná.


 


Resumo

Foram testadas rações utilizando diferentes níveis de substituição de milho por resíduo de panificação. Foram utilizados 16 ovinos machos, sem raça definida, com peso vivo médio inicial de 24,65 kg. O período experimental teve duração de 21 dias, sendo 14 dias para adaptação e 7 dias para coleta de amostras. O delineamento experimental foi inteiramente casualizado com quatro tratamentos (substituição de 20; 40; 60 e 80% do milho por resíduo de panificação) e quatro repetições. Não foram observadas diferenças significativas entre os tratamentos para os parâmetros: digestibilidade de matéria seca, proteína bruta, matéria orgânica, extrato etéreo, energia bruta e FDN, ao nível de 5% de probabilidade pelo teste de Tukey. O resíduo de panificação pode ser utilizado em até 80% em substituição ao milho em rações para ovinos em fase de terminação.

Termos para indexação: digestibilidade, nutrição, ruminantes.

 

Value nutritive of bakery waste in the sheep feeding

 

Abstract

The research aimed to test diets, using different levels of substitution of maize by residue of bakery. Were used 16 male sheep, mixed breed, with body weight medium initial of 24,65 kg. The experiment lasted 21 days, 14 days for adaptation and 7 days to collect samples. The experimental design was completely randomized with 4 treatments (replacement of 20, 40, 60 and 80.0% maize by the residue of bakery), with 4 repetitions. There were no significant differences between treatments for the parameters: digestibility of dry matter, crude protein, organic matter, ether extract, crude energy and neutral detergent fiber, to level of 5% probability by the Tukey test. The residue of bread can be used in up to 80% in place of maize in rations for sheep in the finishing phase.

Index terms: digestibility, nutrition, ruminants.

Imprimir

Informações Bibliográficas

Conforme a NBR 6023:2002 da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT), este texto científico publicado em periódico eletrônico deve ser citado da seguinte forma: OLIVEIRA, A.H. et al. et al. Valor nutritivo do resíduo de panificação na alimentação de ovinos. PUBVET, Londrina, V. 5, N. 8, Ed. 155, 2011. Disponível em: http://www.pubvet.com.br/artigos_det.asp?artigo=958. Acesso em: 21/09/2014.

Sobre o autor

Newton de Lucena Costa

Eng.Agrônomo, Mestre em Agronomia. Pesquisador da Embrapa Roraima. Linhas de Pesquisa: Formação, Manejo e Recuperação de Pastagens