PubVet

Voltar

Pubvet, V. 3, N. 37, Ed. 97, Art. 556, ISSN 1982-1263, 2009

Degeneração valvar crônica em canino - Relato de caso


Deusdete Conceição Gomes Junior3, Vinícius de Jesus Moraes3, Diana Mello Teixeira3, João Moreira da Costa Neto1,Emanoel Ferreira Martins Filho2

 

1. Professor Adjunto-Doutor, Departamento de Patologia e Clínicas – EMV – UFBA

2. Mestrando em Ciência Animal nos Trópicos

3. Bolsista de Iniciação Cientifica – PIBIC - FAPESB


 

Resumo

A degeneração valvar crônica ou endocardiose é caracterizada por espessamento nodular dos folhetos valvares, mais severeamente em suas margens livres. As valvas mais atingidas são a mitral e tricúspide. As alterações valvulares primárias levam à secundárias sistêmicas, em animais mais idosos, principalmente à insuficiência cardíaca congestiva, nos casos mais severos. Neste relato de caso, uma poodle fêmea, de onze anos, 3,6 Kg, com queixa de tosse paroxística, foi atendida no Hospital de Medicina Veterinária da Universidade Federal da Bahia.

Unitermos: cão, endocardiose, mitral, tricúspide.

 

Chronic valve disease in canine - Case report



Abstract

A chronic or endocardiosis valvular degeneration is characterized by nodular thickening of the valve leaflets, most severely in their free margins. The valves most affected are the mitral and tricuspid. The changes leading to secondary valvular primary system in older animals, mainly to congestive heart failure in more severe cases. In this case report, a female poodle, eleven years old, 3.6 kg, with complaints of paroxysmal cough was seen at the Hospital for Veterinary Medicine, Federal University of Bahia.

Key words: dog, endocardiosis, mitral, tricuspid.

Imprimir

Informações Bibliográficas

Conforme a NBR 6023:2002 da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT), este texto científico publicado em periódico eletrônico deve ser citado da seguinte forma: GOMES JUNIOR, D.C. et al. et al. Degeneração valvar crônica em canino - Relato de caso. PUBVET, Londrina, V. 3, N. 37, Ed. 97, 2009. Disponível em: http://www.pubvet.com.br/artigos_det.asp?artigo=556. Acesso em: 22/09/2014.

Sobre o autor

João Moreira da Costa Neto

1. Professor Adjunto-Doutor, Departamento de Patologia e Clínicas – EMV – UFBA