v. 11 No. 4 p. 313-423 (2017) >>

O comércio do camarão-da-amazônia (Macrobrachium amazonicum) na cidade de Breves - Pará - Brasil

  • O comércio do camarão-da-amazônia (Macrobrachium amazonicum) na cidade de Breves - Pará - Brasil

    Fabricio Nilo Lima da Silva, Fernanda Reis da Silva, Tiago Paixão Mangas, Luã Caldas de Oliveira, Antonia Rafaela Gonçalves Macedo, Luciano Ramos de Medeiros, Carlos Alberto Martins Cordeiro

    Resumo

    Objetivou-se traçar o perfil dos vendedores e da comercialização durante a venda do camarão-da-amazônia (Macrobrachium amazonicum, Heller, 1862) na feira livre da cidade de Breves, localizada na Ilha do Marajó, estado do Pará/Brasil. A pesquisa foi realizada no mês de setembro de 2016 em cinco pontos. Foi aplicado um questionário semiestruturado com questões sobre: gênero, idade, naturalidade, estado civil, nível de escolaridade, tempo de trabalho com camarão, atividade principal de renda, bem como, o comércio do camarão, tamanhos de venda dos animais, procedência desse crustáceo, dentre outros dados relevantes para traçar o perfil. Evidencia-se a predominância do sexo masculino e homens casados, onde a maioria é natural de Breves. Muitos possuem apenas ensino fundamental incompleto e comercializam os camarões in natura e salgado, sendo vendidos em três tamanhos: pequeno, médio e grande. Conclui-se, que a venda na feira livre de Breves na Amazônia, possui um grande potencial de crescimento para fortalecer a economia local com a venda de Macrobrachium amazonicum.

    Palavras-chave

    proteína Amazônia , Crustáceo.,Proteína,Amazônia,Crustáceo

    Texto completo:

Abril

Idioma

Conteúdo da revista