v. 11 No. 3 p. 207-312 (2017) >>

Principais patologias relacionadas aos efeitos adversos do uso de fármacos contraceptivos em gatas

  • Principais patologias relacionadas aos efeitos adversos do uso de fármacos contraceptivos em gatas

    Estéfane Kelly Dias Araújo, Vanessa de Meneses Moura, Tiago Gonçalves Azevedo da Fonseca Honório, Rômulo Aécio Alves, Ana Paula Barros Fonseca, Marcelo Campos Rodrigues, Roseli Pizzigatti Klein

    Resumo

    Cães e gatos são os principais animais de estimação na maioria das cidades. Quando não há interesse dos tutores na reprodução animal torna-se oportuno a apresentação pelo medico veterinário, dos métodos contraceptivos disponíveis, as vantagens e desvantagens de cada um. São eles por meios cirúrgicos ou por medicação hormonal, alvo de estudo desse trabalho. Os progestágenos são análogos sintéticos da progesterona e mimetizam os efeitos do corpo lúteo, e são utilizados na fêmea felina para a supressão ou adiamento do estro. Normalmente na gata a progesterona é um hormônio produzido pelo corpo lúteo e também pela placenta para manutenção da prenhez. O objetivo desse estudo foi analisar quantitativamente a relação da idade, uso de fármacos contraceptivos e as principais patologias associadas em gatas. As patologias foram: aborto, piometra, neoplasia mamária e hiperplasia mamária em gatas atendidas no período de janeiro de 2012 a julho de 2014 no Hospital Veterinário Universitário Jeremias Pereira da Silva, da Universidade Federal do Piauí.

    Palavras-chave

    Aborto , Fármacos contraceptivos , Hiperplasia mamária , Neoplasia mamária , Piometra

    Texto completo:

Março

Idioma

Conteúdo da revista