v. 11 No. 3 p. 207-312 (2017) >>

A origem do rodeio no Brasil sua prática como esporte radical e o bem-estar dos animais de montaria

  • A origem do rodeio no Brasil sua prática como esporte radical e o bem-estar dos animais de montaria

    Matheus Hernandes Leira, Jeferson Boareto Bertoldo, Lucas Silva Reghim, Diego Alexsander Conti, Larissa Carolina Peregrino, Cláudia Natsuki Honda, José Ivan Cruz Félix, Flaviane Silva, Fernanda Duarte Coimbra de Almeida, Luciane Tavares Cunha

    Resumo

    O objetivo deste trabalho é entender e compreender a qualidade de vida dos animais que praticam esportes, e vivenciar o dia a dia desses animais e a sua realidade em relação a qualidade de vida e o bem-estar animal. Para isso foi abordado o bem-estar dos animais na prática esportiva, desmistificar alguns conceitos do rodeio e mostrar os benefícios e a história do rodeio, nesse contexto, foi abordado as definições do esporte, o condicionamento físico dos animais juntamente com os tipos de tratamento e treinamento, os benefícios e os malefícios desse esporte radical, por todos esses aspectos, quando o rodeio é realizado de forma fiscalizada, os animais tendem a não sofrerem maus tratos, além de serem considerados atletas e trabalharem por noite apenas 8 segundos e terem um tratamento diferenciado dos demais animais de produção.

    Palavras-chave

    touros , cavalos , festa do peão , bem-estar animal

    Texto completo:

Mar.

Idioma

Conteúdo da revista