v. 11 No. 03 p. 207-312 (2017) >>

Procedimentos para colheita de amostras e análises laboratoriais de micotoxinas presentes em dietas humanas e animais

  • Procedimentos para colheita de amostras e análises laboratoriais de micotoxinas presentes em dietas humanas e animais

    Janaína Nones, Geovana Dagostim Savi, Larissa Ferrari Pereira, Rogério Frozza, Humberto Gracher Riella, Jader Nones

    Resumo

    Micotoxinas são substâncias tóxicas produzidas pelo metabolismo secundário de fungos filamentosos e capazes de desencadear uma série de problemas relacionados à produção agropecuária e à saúde pública. Por este motivo, o monitoramento destes agentes tóxicos é extremamente necessário, devendo-se levar em consideração para realização de tal atividade a diversidade das amostras que serão colhidas, os tipos distintos de micotoxinas, bem como a distribuição não uniforme destes contaminantes. A escolha adequada dos pontos de amostragem, bem como do uso de uma metodologia eficaz que considere os possíveis interferentes e contemple os níveis de detecção esperados também são fatores indispensáveis para o sucesso e confiabilidade das análises realizadas. Em adição, com o intuito de atender às exigências da atual legislação brasileira para micotoxinas, vários alimentos deverão ser analisados, para isso, o conhecimento de procedimentos para colheita de amostras e análises laboratoriais são de fundamental importância tanto para pequenos produtores quanto para indústria de alimentos. Considerando que a aplicação adequada destas metodologias não apenas pode aumentar a produção agrícola e sua consequente lucratividade, como também propiciar a segurança alimentar dos diversos produtos brasileiros destinados às dietas humanas e/ou animais, esta revisão visa descrever as principais metodologias existentes no Brasil para colheita de amostras e análise de micotoxinas, assim como abordar os principais métodos analíticos existentes para detecção e quantificação destes contaminantes

    Palavras-chave

    Alimentos , amostragem , análises laboratoriais , metodologias analíticas

    Texto completo:

Março

Idioma

Conteúdo da revista